Quarta-feira, 18 de Abril de 2007
Governo desconhece justificação para greve geral da CGTP


"O secretário-geral da Inter apontou seis razões para a greve de Maio: a perda do poder de compra das famílias; o aumento do poder do patronato para promover despedimentos; o agravamento da precariedade no emprego; o aumento da imigração, principalmente jovem; a destruição do Sistema Nacional de Saúde – e a sua entrega a privados; e ainda a degradação da Justiça e da Educação."


Espera aí, o "aumento da imigração..."? Eh, lá!, ó Carvalho da Silva. Tens de ter mais calma...
Cada vez mais se confirma a ideia que o espectro político é como o mapa mundo: ainda que haja muito boa gente que pense que o mundo é plano e disposto da esquerda para a direita (lembram-se daquele mapa que nos era posto à frente dos olhos na primária?), a verdade é que ele até é redondo e a Ásia e a América estão separados por um pequeno estreito...
Muito pequeno, mesmo.


uma criação de Roger The Shrubber às 16:56
link do post | comentar

2 comentários:
De artur a 18 de Abril de 2007 às 19:22
Eu, por mim, na minha opinião, tudo não passa de uma gralha do tipógrafo. Só compreendo se o Carvalho da Silva tivesse querido dizer emigração.


De tv online a 24 de Novembro de 2010 às 23:24
Vi na televisão que a greve geral registou grande adesão, segundo os sindicatos. Já o Governo desvaloriza os números, situando a adesão nos 18%. Mais uma vez as conclusões divergem.


Comentar post

Me, myself, the other guy and us
pesquisa
 
Pão duro
links
links
subscrever feeds